Bicudo

01/05/2011 08:23

BICUDO

Seu canto melodioso, semelhante a uma flauta, faz do Bicudo (Oryzoborus maximiliani) um dos pássaros canoros mais famosos do Brasil. Costumam viver em áreas isoladas próximas às regiões alagadiças, pelos estados de Minas Gerais, Bahia e também na região Centro-Oeste. São pássaros territorialistas e, nos períodos de acasalamento, não permitem que outros pássaros (Curió, Azulão) adentrem pelos seus limites demarcados.

Pertence ao mesmo gênero do Curió e diferencia-se deste por apresentar o corpo todo preto (macho) e ser um pouco maior (15 cm em média). A coloração do bico e o canto variam de uma região para outra. Para campeonatos os bicudos são divididos de acordo com seu estilo de canto (fibra, canto, canto livre, peito de aço e pardo). Entre os cantos mais apreciados encontramos o Goiano, o Alta Mogiana e o Grego.

Possui os sentidos da visão e audição muito apurados e um bico cônico utilizado com destreza na alimentação. Podem viver cerca de 30 anos e valer verdadeiras fortunas.

Devido à caça predatória os Bicudos encontram-se ameaçados de extinção e só podem ser comercializados junto aos criadores que estejam legalmente registrados no IBAMA. O não cumprimento desta legislação é caracterizado por crime ambiental inafiançável.

Reprodução:
A fêmea do Bicudo, assim como os exemplares jovens, apresenta uma coloração marrom que os diferencia do macho adulto, que é preto com apenas uma manchinha branca em cada asa.

Recomenda-se ter cuidado ao juntar o casal para a reprodução, não devendo dispor para o acasalamento Bicudos com menos de 1 ano de idade. A utilização de ninhos tipo cestos, semelhantes aos de Canários, ou feitos com casca de coco seca é indicada. Disponibilize fibras vegetais e capim para a forração do ninho. A fêmea coloca dois ovos em média e os choca por cerca de 18 dias. Após o 20º dia do nascimento os filhotes já estão prontos para deixar o ninho, porém ainda serão alimentados pelos pais até a fêmea começar a nidificar, ou seja, próximo do 45º dia, época em que realizam a primeira muda.

Manutenção:
O Bicudo pode ser mantido em um viveiro que contenha uma árvore bem copada ou em gaiolas de 60 cm de comprimento, 35 cm de altura e 25 cm de largura, com uma divisória para separar a fêmea dos filhotes no momento certo. Limpar diariamente os recipientes de água e comida, bem como a gaiola. Acrescentar um recipiente onde ele possa, eventualmente, banhar-se. O banho ajuda também durante o período do choco, garantindo a umidade para os ovos. Evitar locais muito movimentados e com correntes de vento, principalmente na época da muda.

Alimentação:
alcon Club Curió, alcon Club Farinhada – Pássaros Frugívoros e Insetívoros, alcon Club Papa para Filhotes - Pássaros

* Fonte ALCON


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!